BlogBlogs.Com.Br

NÃO QUERO ENVELHECER

Postado por olavo ferreira 7 de out de 2009


Nos últimos tempos, tenho aprendido a escrever e a gostar de escrever, muitas vezes até escrevendo sem saber o que escrever, só Freud explica....risos...
São pensamentos que vem e vão, frases soltas na mente, idéias que me surgem, e de vez em quando um texto mais ou menos completo, e é nessa hora, como agora, escrevo para eternizar, o que passa em minha cabeça.

Diz um ditado chinês: O homem só envelhece quando os lamentos substituem seus sonhos.

Então: Não quero envelhecer!

Outro dia até me peguei olhando para minhas mãos, e ver minhas mãos se enrugando, pode até ser um pouco de neura, mas de qualquer maneira me peguei, olhando. E olha que sou um garotão de quarenta anos.
Mas na verdade o que me preocupa, não é minha idade, ou as rugas em minhas mãos ou rosto, porque isso é natural, o que me preocupa é o sentido que a vida tem na minha vida.

Por muitos anos de minha vida, troquei meus sonhos, por causas sem sentidos, pseudas visões de Deus, que homens diziam ter tido, e isso me fez lamentar, e isso me fez trilhar por caminhos que não eram meus, e isso me fez envelhecer.

Minha vida durante o tempo da religiosidade humana, não tinha sentido, tinha sim alguns propósitos para aqueles, que eu considerava meus lideres, que me dirigia, me manipulava, me tornei massa de manobra nas mãos deles, e o pior é que tudo isso com o meu consentimento, com o meu aval, e eu dizia: Eu sou o enganado, mais feliz da terra..., e isso me fez envelhecer.

Minha vida, durante o tempo da cegueira espiritual, me fazia enxergar um “deus”, que me era carrasco dos meus erros, que me fazia enxergar um “deus”, que tinha prazer em me ver errar e torcia pra que isso acontecesse, porque era o “deus” da culpa e não da graça, e isso me fez envelhecer.

Minha vida, durante o tempo do serviço sacerdotal, mais conhecida como “obra de Deus”, me fazia se distanciar da minha família, distanciar dos meus mais queridos amigos, me fazia odiar aqueles que não pertenciam ao “clube de santos” que eu pertencia, me fazia acreditar que só aqueles que pertenciam a este “clube de santos” eram os bons, os melhores, afinal o cântico era: Ô,Ô,Ô,Ô..., e isso me fez envelhecer.

Minha vida, durante o tempo do evangelho em que se compra a benção, me fazia a qualquer custo, entregar o que eu tinha e o que eu não tinha, porque até cheques pré-datados, na esperança de ter fundos na data do deposito, eram dados em nome de uma prosperidade divina, em nome da cura divina, em nome da solução dos problemas, e isso me fez envelhecer.

Meu Deus...tudo isso me fez envelhecer...

Mas agora, tenho vivido o rejuvenescimento do sentido de minha vida, tenho tomado da água viva, tenho comido do pão vivo que desceu dos céus, tenho vivido a Graça, aliás infinita Graça de Jesus, e tudo isso tem me dado viço, tem me dado vida e vida com abundância, tem me dado alegria, tem me dado paz, tem me dado grandes amigos, tem me dado uma família bendita, tem me dado novos sonhos, e esses sonhos não substituirei por lamentos, até porque não vou trilhar outro caminho, que não seja o verdadeiro caminho que é Jesus.

Sempre no caminho...



Olavo

0 comentários

Postar um comentário

SÓ NÃO PUBLICAREI COMENTÁRIOS COM PALAVRÕES E XINGAMENTOS.

Related Posts with Thumbnails

Recentes

Comentários

+Comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Sacrificar-se em favor de quem nem conhecemos, vencendo o mal com o bem
BlogBlogs.Com.Br