BlogBlogs.Com.Br

Não quero envelhecer!

Nos últimos tempos, tenho aprendido a escrever e a gostar de escrever, muitas vezes até escrevendo sem saber o que escrever, só Freud explica....risos...
An ordered list

ENCONTRO NO CAMINHO

UM ENCONTRO ONDE SOMOS CONVIDADOS A SEGUIR O EXEMPLO DE JESUS, INCLUINDO OS EXCLUIDOS, OS FRACOS E VULNERAVÉIS, A CONFRONTAR A HIPOCRISIA E A GANÂNCIA, E A OBEDECER O MAIOR DE TODOS OS MANDAMENTOS AMAR O PRÓXIMO COMO A NOS MESMOS.
Encontro no caminho

PERMITA-SE




Não, minha religião não é personificada em igrejas, minha religião está além disso. Minha religião está na fé que tenho em Deus, não na igreja. Minha religião é a fé que tenho em mim. É permitir-me. Sorrir, ser feliz. Minha religião é um perfume, uma boa música.É caminhar pelas calçadas e saber retirar de cada passo que dou um pouco de alegria. Minha religião é comer, deliciar-me com tudo de bom que a vida pode me oferecer. Minha religião é a minha vida. Segui-la, pra mim, é a coisa mais fácil, depende unicamente de mim fazer o que está ao meu alcance pra torná-la melhor, pra fazê-la vida, deveras.

É tudo tão simples, tudo tão fácil. Tudo dá certo quando está tudo certo. E não é difícil deixar as coisas certas, como devem ser.
Se existe algo no mundo mais fácil do que deleitar-se num banho frio, e vestir aquela roupa perfumada, até hoje ainda não aprendi a fazê-lo. É tudo de uma simplicidade palpável, e infelizmente muitas pessoas não percebem que a felicidade está nas mínimas coisas.

Ser equilibrado, não é ter uma vida perfeita. Ser equilibrado é, justamente, permitir-se. Comer sem medo de engordar; emagrecer sem ter que se privar daquilo que gostamos; rir de coisas sem graça; sorrir sem motivo. Tudo é tão intrínseco, principalmente os motivos que nos levam a sorrir, não precisamos dar satisfações a respeito de nossas expressões faciais.

Permitir-se é dizer “eu te amo” a um amigo, ou a uma amiga, sem medo de que aquilo possa transpassar outra espécie de sentimento. Permitir-se é viver intensamente cada minuto. Ser ébrio, e saber ter sobriedade nos momentos que a requerem. Permitir-se não é ter uma vida estreme de problemas, mas sim saber que eles fazem parte da vida, e que nada nem ninguém têm o poder de resolvê-los, além, claro, de nós mesmos.

Permitir-se não é uma atitude, é uma religião que, acima de tudo, nos valoriza e valoriza os meios que usamos para viver. Sem cobranças, permita-se... Permita-se ser amigo. Permita-se amar. Permita-se perdoar, mesmo aquelas coisas que parecem não ter perdão. Enfim, permita-se se permitir. A vida é muito maior do que qualquer coisa, é nosso bem mais precioso. A vida passa rápido demais, é como um frasco de perfume... Quando menos esperamos, acaba. A diferença é que não podemos comprar outra vida como compramos um frasco de perfume. Então, por isso tudo, permita-se.

Paulo Roberto Genro Filho
11 de nov de 2011

PAI, COMEÇA O COMEÇO!





O meu primo Sérgio, postou no seu Orkut esse texto e achei incrivel, pois é exatamente o que sinto por meu pai, que graças a Deus ainda vive, e que ainda começa muitos começos pra mim.

Olavo

-------------------------------------------------------------------------------

“PAI, COMEÇA O COMEÇO!”

Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: - “pai, começa o começo!”. O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos.

Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito.Meu pai faleceu não faz muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança.

Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, “começar o começo” de tantas cascas duras que encontro pelo caminho.

Hoje, minhas “tangerinas” são outras. Preciso “descascar” as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios.

Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis......Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para “começar o começo” era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta.

O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado. Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus:“Pai, começa o começo!”.

Ele não só “começará o começo”, mas resolverá toda a situação para você.Não sei que tipo de dificuldade eu e você estamos enfrentando ou encontraremos pela frente neste ano. Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: “Pai, começa o começo!”.
21 de jul de 2011

APAIXONA-SE

30 de mar de 2011

SUBVERSÃO




Poxa quanto tempo não posto nada aqui, do que sinto em relação ao Evangelho, pois bem, tenho uma reflexão, para dividir com voces.

Dito isto, vamos lá...

O que se tem feito do evangelho de Jesus? Nada...este evangelho ficou passado, vivemos um outro evangelho, o evangelho que esfolia as pessoas, que tira das pessoas.

Sabe o que é isso, uma cultura pós cristã, passou do cristianismo, para qualquer outro nome que você queira dar, passou a ser um balcão de negócios, passou a ser uma busca desenfreada por sucesso, conquista, realização aqui e agora, passou a ser um “toten” para os lideres dessas instituições, porque agora eles tem o seus nomes para eternidade, e para confortar o coração dos idiotas, dos menos instruídos, dizem: Esse é o legado que deixamos para nossos filhos...

Grande mentira, porque o legado é para eles próprios e para sua descendência, vá vocês lá tirar um parafuso da torre, vá vocês lá morar no templo, porque perdeu a casa, vá vocês lá pedir para que se pague o seu aluguel e a sua conta de luz, porque na sua ignorância, você deu tudo o que tinha, vá lá e veja o que acontece.

O que precisamos hoje, é viver ou tornar a viver o evangelho subversivo de Jesus, a verdade é que devemos nos tornar subversivos.

Você olha para Jesus e vê que ele é o próprio subversivo, que ele é a expressão máxima da subversão. Não tem exercito, não tem poder, não tem dinheiro, não tem votos, não tem políticos, não tem rádio, não tem TV, não tem púlbito, não tem instituições, não tem a benção dos sacerdotes, muito menos é reconhecido por eles, não tem o aval dos doutores da religião, nascido em Belém, criado em Nazaré da galileia, filho de Maria e José, como pode um sujeito querer mudar o mundo assim?

Começa a andar pela palestina, fica conhecido como o contador de histórias, onde ele parava, ele contava uma parábola, uma historia, só que todas as historias que ele contava, ninguém entendia nada...No final um ficava perguntando pro outro e ai? Terminou?

Sim terminou, e pra piorar ele não explicava nada, não fazia apelo, não pedia pra ninguém erguer as mãos, não ungia ninguém com óleo, não dava água benta, não dava rosa, um pedaço de pano, não fazia nada e pior não pedia oferta....Qual é a desse cara? Pelo amor de Deus...ele não faz nada parecido com o que conhecemos de igreja...Ele é subversivo!!!

A multidão quis faze-lo rei, mas ele foi se esgueirando, se afastando, até que ele conseguiu ir embora e fugir da multidão. Tem horas que me dá a impressão que Jesus não era judeu, era mineiro, ia comendo pelas beiradas, e quando perceberam a cruz estava de pé, e todo universo já havia sido atraído para cruz.
Quando deram conta, o tumulo já estava vazio, e a vitoria decretada para toda eternidade.

O que é interessante, é encontrar "i"grejas que não querem ser subversivas, mas quer ser grande, quer ser poderosa, quer ter o seu nome espalhado por toda terra, quer fama, quer ser rica, quer fazer presidente, e ai Jesus vem dizendo: Faz isso não...vai comendo pelas beiradas...seja subversivo...

Já houve um tempo que eu acreditava que a "i"greja existia para transformar o mundo...hoje eu acredito que a "igreja" (templos vivos) sejamos a sociedade alternativa, vamos lá fora e como sal da terra nos vamos profetizar justiça como sal da terra, vamos profetizar solidariedade, fraternidade, igualdade, compaixão, perdão...e ai as pessoas vão dizer: Onde é que esse negocio existe?

Ai você mostra ai dentro de você, como isso existe e é fácil de se viver...sem cursos, sem formações acadêmicas, sem plano de carreira, sem unções mirabolantes, simplesmente se deixando invadir pelo amor de Deus e pela graça de Jesus.

VIVA O EVANGELHO SUBVERSIVO DE CRISTO E FAÇA A DIFERENÇA!

Olavo
25 de mar de 2011

CRISTO

Cristo nunca nos blindou de nada a respeito da vida, mas com certeza Ele deu o exemplo, do que é aprender a viver e receber com a mesma naturalidade o ganho e a perda, o acerto e o erro, o triunfo e a queda, a vida e a morte.

Pense nisso...











17 de mar de 2011
4 de fev de 2011

NORMOSE


Agora são 6:00 da manhã do dia 24/01, e hoje estou completando mais um ano de vida, estou feliz pelos meus 43 anos de vida, e quero mais do que nunca sair da "Normose" (voces vão entender no texto ai embaixo), quero viver a vida na sua intensidade total. Ontem assintindo tv, vi uma propaganda em que uma pessoa tirava uma lista da gaveta, do que tinha pra fazer no seu ultimo dia de vida, e fazia tudo o que estava na lista naquele dia....no dia seguinte a cena se repetia...no outro também...e a gaveta se enchia de listas....

Estou me esforçando pra ser essa pessoa, que vai viver o hoje na sua potencia maxima...porque amanhã é outro dia, e deixo pra os que vivem na "Normose" o amanhã, eu quero é o hoje e como ele termina já, já...comecei ele bem cedo....Vamos a vida....

Olavo


"NORMOSE" (a doença de ser normal)

Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar.
O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Bebe socialmente, está de bem com a vida, não pode parecer de forma alguma que está passando por algum problema.

Quem não se "normaliza", quem não se encaixa nesses padrões, acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento.

A pergunta a ser feita é: quem espera o quê de nós? Quem são esses ditadores de comportamento que "exercem" tanto poder sobre nossas vidas? Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados.

A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer ser o que não se precisa ser. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?

Então, como aliviar os sintomas desta doença?Um pouco de auto-estima basta. Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e, sim, aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo.

Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

Eu simpatizo cada vez mais com aqueles que lutam para remover obstáculos mentais e emocionais e tentam viver de forma mais íntegra, simples e sincera. Para mim são os verdadeiros normais, porque não conseguem colocar máscaras ou simular situações.

Se parecem sofrer, é porque estão sofrendo. E se estão sorrindo, é porque a alma lhes é iluminada. Por isso divulgue o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.

Michel Schimidt
Psicoterapeuta

Ser feliz é ser voce mesmo, sofrendo ou sorrindo, pois esta vida é passageira, e o importante é ter emoções claras e definidas.

Fonte: Karina Alves
24 de jan de 2011

EU ADORO VOAR





"Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo.
...Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
...Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
...Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
...Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
...Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade...
...Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já chamei pessoas próximas de 'amigo' e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque, sinceramente, sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco que vou dizer:
- E daí? Eu adoro voar!"

Clarice Lispector
Fonte: Karina Alves
15 de jan de 2011
Related Posts with Thumbnails

Recentes

Comentários

+Comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Sacrificar-se em favor de quem nem conhecemos, vencendo o mal com o bem
BlogBlogs.Com.Br